Departamentos
Links Úteis

Disciplinas

home . voltar

 

CONTEÚDO E EMENTA DA DISCIPLINA PLANTA, POVOS E AMBIENTESSEMESTRE 2014.2 (TÓPICOS ESPECIAIS EM RECURSOS GENÉTICOS VEGETAIS II)

                                                                                                                           

EMENTA

A disciplina analisa a relação do homem com as plantas ao longo da História da Humanidade e do Brasil, ressaltando aspectos biológicos e culturais: o início da agricultura e a domesticação de plantas, a comercialização de especiarias e as rotas marítimas e terrestres até o século XVI, as grandes navegações ibéricas e a buscas de rotas marítimas para o oriente, o trânsito de plantas entre o Velho Mundo e o Novo Mundo, ciclos agrícolas no Brasil, o histórico do melhoramento genético de plantas e da biotecnologia vegetal e dos recursos genéticos vegetais, plantas negligenciadas e subutilizadas, plantas silvestres de valor comercial, plantas úteis de importância econômica, as plantas e rituais, mitos e símbolos, registros de plantas nas artes, o papel de pintores e desenhistas no registro da Flora no Brasil, a expansão da ocupação humana e da agricultura e impactos no ambiente. Ações para minimizar os impactos ambientais


OBJETIVOS

  1. Analisar a importância das plantas na história da humanidade;
  2. Conhecer o amplo espectro de usos das plantas pelo homem: na alimentação humana, alimentação animal, medicinal, ornamental, ritualísticos, e na proteção aos ambientes naturais e humanos.
  3. Reconhecer a necessidade de conservação dos recursos genéticos vegetais e apontar as possibilidades de valoração de plantas subutilizadas

 

AVALIAÇÃO
Os estudantes realizarão pesquisas sobre temas de interesses específicos e as apresentarão como seminário e/ou trabalho escrito. Será considerada também a frequência nas aulas.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

 

 

  1. O início da agricultura e a domesticação de plantas,
  2. A comercialização de especiarias e as rotas marítimas e terrestres até o século XVI,
  3. As grandes navegações ibéricas e a buscas de rotas marítimas para o oriente,
  4. O trânsito de plantas entre o Velho Mundo e o Novo Mundo,
    1. Plantas introduzidas da Europa/Ásia na América
    2. Plantas africanas introduzidas na América
    3. Plantas americanas introduzidas no Velho Mundo
  5. Ciclos agrícolas no Brasil: cana-de-açúcar, café, borracha, cacau.
  6. O histórico do melhoramento genético de plantas e da biotecnologia vegetal,
  7. Recursos Genéticos Vegetais: histórico, avanços e conceitos fundamentais.
  8. Categorias de plantas úteis de importância econômica: Alimentícias, Aromáticas, Medicinais, Fibras, Forrageiras, Ornamentais.
  9. Plantas negligenciadas e subutilizadas,
  10. Plantas silvestres de valor comercial,
  11. Plantas e os rituais, plantas e mitos, plantas e símbolos,
  12. A expansão da ocupação humana e da agricultura e impactos no ambiente.
  13. Ações para minimizar os impactos ambientais.
    1. Proteção ambiental: áreas protegidas, reflorestamento, recuperação de matas ciliares, corredores ecológicos
    2. Sistemas agrícolas e sustentabilidade.
    3. Adubo verde e interação microrganismos fixadores de nitrogênio
    4. Plantas no controle biológico de pragas e doenças.
    5. Plantas filtradoras
  14. PRÀTICA
    1. Visita a feiras livres

  

BIBLIOGRAFIA PRINCIPAL

 

  • Barbieri, RL; Stumpf, ERT (Org). Origem e evolução de plantas cultivadas. Embrapa, 2008. 909p.
  • Cascudo, L. C. História da Alimentação no Brasil. 3ª ed. Belo Horizonte, Itatiaia; São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 2004.
  • Flandrin, J.L.; Montanari, M.História da Alimentação. Ed. Estação Liberdade. 1998.
  • Graziano Neto, F. Almanaque do Campo. Panda Books, São Paulo, 2010. 255p.
  • Martins, A.C.I. Flora brasileira, história, arte e ciência. Casa da Palavra, 2009. 168p.
  • Miranda, E.E. A Agricultura no Brasil do Século XXI. Ed. Metalivros.2013. 296p.
  • Severiano, M.; Renisch, K. Em se plantando tudo dá. Editora Leitura, 2009. 120p.
  • Standage, T. Uma história Comestível da Humanidade. Ed. Zahar. 2010. 276p.

 

 

 

 

 

 

Você encontrará a Bibliografia básica das disciplinas na seção Downloads (Bibliografia de disciplinas)

1. A FAMÍLIA LEGUMINOSAE NO SEMI-ÁRIDO E SEU USO POTENCIAL - EXCLUÍDA DO CURRÍCULO

Caracterização e classificação da Família Leguminosae; principais grupos nativos nos biomas incluídos no semi-árido nordestino; biologia das Leguminosae: formas de vida, fixação de nitrogênio, interações com insetos;uso potencial de leguminosas: forrageiras, remediação ambiental, adubação verde.

Código: RGV020. Carga Horária: 45h. Créditos: 3   
     


2. ANÁLISE DE ALIMENTOS - DISCIPLINA EXCLUÍDA DO CURRÍCULO

Introdução às técnicas laboratoriais. Preparo e padronização de soluções. Coleta e preparo de amostras para análise de alimentos. Determinação da matéria seca. Determinação de nutrientes pelo Método Weende. Determinação da fração fibrosa pelo Método de Van Soest. Preparo da solução mineral. Determinação de energia dos alimentos. Determinação da digestibilidade dos alimentos.


Código: RGV006. Carga Horária: 60h Créditos: 4           Bibliografia básica

 3.BIODIVERSIDADE VEGETAL DO SEMI-ÁRIDO

Diversidade das fanerógamas nativas do semi-árido; métodos de amostragem; classificação e identificação; grupos de importância econômica.

Código: RGV018. Carga Horária: 45h. Créditos: 3       

4. BIOLOGIA REPRODUTIVA EM PLANTAS

Sistema reprodutivo. Morfologia floral. Fenologia e controle da floração. Microsporogênese e megasporogênese. Tipos de polinização e mecanismos de fecundação. Expressão gênica no gametófito. Ontogênese embrionária. Formação de sementes e frutos. Análise de pólen e néctar. Comportamento forrageiro de polinizadores e dispersores. Estrutura e dinâmica populacional de polinizadores e dispersores em plantas e comunidades vegetais.

Código: RGV007. Carga Horária: 60h Créditos: 4           Bibliografia básica

 5. ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL (NOME ANTERIOR: BIOMETRIA)

Emprego de distribuição de probabilidades; amostragem; análise de variância; análise de variância de dados biométricos; componentes de variância; testes de hipóteses e estimação de parâmetros; análise de covariância e correlação entre caracteres; análise de respostas genéticas. Fatores ambientais; métodos dos quadrados mínimos aplicados à genética biométrica.

Código: RGV002. Obrigatória. Carga Horária: 60h Créditos: 4  

 6. CARACTERIZAÇÃO DE GERMOPLASMA

Importância da caracterização dos recursos fitogenéticos, a caracterização vegetal e a conservação, a caracterização morfométrica, bioquímica e molecular, Os compostos químicos (azeites essenciais, flavonoides, açucares) das plantas e sua utilização na caracterização. Proteínas,Isoenzimas e técnicas moleculares de caracterização

Código: RGV008. Carga Horária: 60h  Créditos: 4         


7. CONSERVAÇÃO E MELHORAMENTO DE FRUTEIRAS - EXCLUÍDA DO CURRÍCULO

Biodiversidade, germoplasma, métodos de conservação de germoplasma de fruteiras, Pré-melhoramento, Melhoramento genético de plantas, métodos de melhoramento em plantas em plantas perenes: autógamas, alógamas e de reprodução vegetativa.

Código: RGV009. Carga Horária: 60h Créditos: 4 
        


 8. CULTURA DE TECIDOS VEGETAIS E BIOTECNOLOGIA

Fundamentos, potencialidades e aplicações da cultura de tecidos na micropropagação, conservação, transformação e regeneração de plantas.

Código: RGV019. Carga Horária: 60h Créditos: 4         

 9. DESCRIÇÃO, UTILIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE VEGETAL

Indivíduos, Populações, Comunidades, Ecossistemas e Paisagens. Descrição qualitativa e quantitativa de comunidades. Biologia reprodutiva de espécies tropicais. Perturbações naturais e impactos humanos. Manejo e uso sustentável. Conservação da biodiversidade.

Código: RGV010. Carga Horária: 60h Créditos: 4          Bibliografia básica

 10. ESTAGIO EM DOCÊNCIA

Prática de docência em ensino superior: preparação de material didático e ministração de aulas práticas e teóricas. Obrigatória por um semestre para mestrandos bolsistas CAPES e por dois semestres para doutorandos bolsistas da CAPES e CNPq. Para os demais discentes, é optativa.

Código RGV023.  Carga horária: 45h. Créditos: 3    

11. FISIOLOGIA VEGETAL

Código RGV037. Carga Horária: 60h Créditos: 4

Aspectos Gerais do Crescimento de Plantas; Relações Hídricas; Nutrição Mineral; Reações fotossintéticas e o Ciclo do Carbono e interrrelações metabólicas.

12. FITOCOMPOSTOS ATIVOS

A disciplina propõe apresentar os princípios naturais ativos. Apresentar também as suas principais fontes de obtenção e os princípios de farmacologia.

Código: RGV011. Carga Horária: 45h Créditos: 3         

13. FITOQUÍMICA APLICADA

Histórico. Extração. Apresentação de métodos de isolamento e purificação de compostos oriundos do metabolismo secundário de plantas. Caracterização estrutural de produtos naturais. Aplicação.

Código: RGV012. Carga Horária: 45h Créditos: 3        

 14. FLORA DA CAATINGA

Tipos de Caatinga. Composição florística da Caatinga. Flora da Caatinga como fonte de recursos. Antropização da Caatinga.

Código: RGV013. Carga Horária: 60h Créditos: 4        


15. GENÉTICA DE POPULAÇÕES

Freqüências alélicas; equilíbrio de Hardy-Weinberg; mutação, seleção, deriva gênica, endogamia, tamanho efetivo de população; parâmetros de diversidade genética inter e intrapopulacional; genética de populações aplicada à Recursos Genéticos Vegetais.

Código: RGV014. Carga Horária: 60h Créditos: 4       


16. GENÉTICA MOLECULAR

Material genético: organização, função e evolução dos genes; estrutura dos genomas eucariotos e procariotos; controle da expressão gênica em eucariotos e procariotos; mecanismos de alterações no DNA; tecnologia do DNA recombinante; mapeamento genético, diversidade; organismos geneticamente modificados e genômica; análise de proteoma.

Código: RGV015. Carga Horária: 60h Créditos: 4      


 17. GENÉTICA QUANTITATIVA

Revisão em genética de populações, noções de probabilidade, de propriedades de distribuição, de matrizes; genética quantitativa clássica:variação contínua, variâncias e covariância genética e fenotípica, herdabilidades, seleção, interação genótipo x ambiente, heterose; genética quantitativa molecular: revisão de marcadores moleculares, quantitative trait loci ? QTLs, análise da diversidade genética, estimativas de sistema de cruzamento.

Código: RGV016. Carga Horária: 60h Créditos: 4          


18. MELHORAMENTO GENÉTICO DE PLANTAS

Planos de melhoramento. Componentes da variação fenotípica. Estimativa de parâmetros genéticos. Interação genótipo x ambiente. Estoques genéticos. Ensaios de procedência e progênie. Estratégias e métodos de seleção. Pomar clonal e pomar de sementes.

Código: RGV024. Carga Horária: 60h Créditos: 4          


 19. METABOLISMO PRIMÁRIO DE PLANTAS - EXCLUÍDA DO CURRÍCULO

Biomoléculas: Estrutura, função e localização celular de aminoácidos,proteínas, carboidratos, lipídios, ácidos nucléicos, vitaminas e estruturas celulares. Enzimas: química, cinética e inibição. Bioenergética e visão geral do metabolismo. Metabolismo de carboidratos (aeróbico e anaeróbico),lipídios, aminoácidos e proteínas. Fotossíntese e ciclo do carbono. Interrelações e regulação metabólica.

Código: RGV025. Carga Horária: 60h Créditos: 4 
        


 20. METABOLISMO SECUNDÁRIO DE PLANTAS

A disciplina tem como objetivo introduzir conceitos sobre os diferentes tipos de metabolismo. O conhecimento das principais vias metabólicas, que levam a produção das moléculas que compõem o metabolismo primário e secundário das plantas. Espera-se ainda introduzir o conhecimento sobre os principais tipos de metabólitos envolvidos nas interações, planta ? planta, planta ? insetos e na adaptação das plantas ao ambiente, bem como, o estado da arte da ciência e da pesquisa na área. No desenvolvimento da disciplina espera-se que o aluno reconheça os elementos centrais do conhecimento científico e tenha vivência dos instrumentos mais adequados à pesquisa bibliográfica na área.

Código: RGV026. Carga Horária: 45h Créditos: 3         


21. ORIGEM , EVOLUÇÃO E DOMESTICAÇÃO DE PLANTAS CULTIVADAS

Evolução biológica e cultural. Aspectos evolutivos aplicados à domesticação. Introdução de plantas e desenvolvimento de culturas. Centros de origem e de diversidade. Dispersão de plantas cultivadas. Coleta e manutenção de germoplasma. Difusão de novas espécies. Dispersão de plantas cultivadas; Algumas culturas e sua história evolutiva; Etnobiologia e dinâmica evolutiva de plantas cultivadas.

Código: RGV021. Carga Horária: 60h Créditos: 4          
 

22. POTENCIAL DA FLORA NATIVA NA PRODUÇÃO DE ÓLEOS

Principais grupos vegetais com potencial para produção de óleos fixos e essenciais, seu posicionamento taxonômico e características diagnósticas: métodos de extração e caracterização de óleos e suas aplicações potenciais.

Código: RGV022. Carga Horária: 60h Créditos: 4          
 

23. RECURSOS GENÉTICOS VEGETAIS I

Conservação in situ, conservação ex situ, bancos de germoplasma. Unidades de conservação. Criopreservação e conservação in vitro. Políticas de preservação, conservação e utilização de recursos genéticos. Conservação genética in situ do agricultor. Patenteamento de organismos.

Código: RGV001. Obrigatória. Carga Horária: 60h Créditos: 4


24. RECURSOS GENÉTICOS VEGETAIS II

Princípios, procedimentos e normas relacionados à coleta, identificação, processamento, análise, acondicionamento, documentação e preservação ex situ de amostras de acessos na forma de curto, médio e longo prazos, com ênfase em recursos genéticos de espécies cultivadas e outras  espécies silvestres de interesse econômico ou uso potencial, seja direto ou para melhoramento das culturas. Controvérsias internacionais relativas ao uso, intercâmbio e manejo dos recursos genéticos e naturais.

Código: RGV005. Carga Horária: 60h Créditos: 4      


Pré-requisito: Recursos Genéticos Vegetais I

 25. SEMENTES E PROPAGAÇÃO DE PLANTAS

Estrutura e função das sementes. Composição química das sementes. Eventos celulares durante a germinação e o crescimento de plântulas. Dormência e o controle da germinação. Fatores que afetam a produção de sementes. Deterioração e qualidade fisiológica das sementes. Caracterização dos principais métodos de propagação das plantas: sexuada e assexuada. Estruturas de propagação vegetativa.

Código: RGV017. Carga Horária: 60h Créditos: 4          

26. SEMINÁRIO I

Elaboração e apresentação para estudantes e professores de tópicos relacionados ao escopo do curso.

OBSERVAÇÃO: ESTA DISCIPLINA DEVE SER CURSADA PELO ALUNO DO MESTRADO NO SEMESTRE INICIAL DO CURSO.

Código: RGV003. Obrigatória. Carga Horária: 15h Créditos: 1


27. SEMINÁRIO II

Metodologia Científica: redação de artigos científicos e o processo de submissão para periódicos científicos. Apresentação escrita e oral preliminar da dissertação de Mestrado (nível Mestrado)

Pré-requisito: Seminário I 

OBSERVAÇÃO: ESTA DISCIPLINA DEVERÁ SER CURSADA PELO ALUNO DE MESTRADO NO TERCEIRO SEMESTRE DO CURSO.

Código: RGV004. Obrigatória. Carga Horária: 15h Créditos: 1

 
28. PESQUISA ORIENTADA

Código: RGV027. Obrigatória. Carga horária: 900h Créditos: 60

A disciplina tem por objetivo oferecer subsídios para formulação e execução do projeto de trabalho de conclusão através de apresentação e discussão dos trabalhos, com a participação dos professores orientadores e convidados. A solicitação desta matrícula dar-se-á no último semestre do curso. Confira o Regimento Interno: Artigos 16°, 26° e 27°

29. PESQUISA ORIENTADA

Código: RGV028. Sem creditação

Os alunos do PPGRGV devem matricular-se a nesta disciplina da admissão até o penúltimo semestre, uma vez que no último semestre deverá ser matriculado na mesma disciplina, porém com creditação, conforme especificado no item anterior (27).

29. TÓPICOS ESPECIAIS EM RECURSOS GENÉTICOS VEGETAIS I

Código: RGV029. Optativa. Carga Horária: 45 horas Créditos: 3

Esta disciplina será ministrada por um professor pesquisador, doutor, em regime de curta duração e de forma teórica e/ou prática, na linha de pesquisa Coleta, Caracterização e Conservação de Germoplasma.

31. TÓPICOS ESPECIAIS EM RECURSOS GENÉTICOS VEGETAIS II

Código: RGV030. Optativa. Carga Horária: 45 horas Créditos: 3

Esta disciplina será ministrada por um professor pesquisador, doutor, em regime de curta duração e de forma teórica e/ou prática, na linha de pesquisa Biodiversidade, Bioprospecção e Manejo Sustentável de Plantas Nativas e Cultivadas.

Não há pré-requisito

32. TÓPICOS ESPECIAIS EM RECURSOS GENÉTICOS VEGETAIS III

Código: RGV031. Optativa. Carga Horária: 45 horas Créditos: 3

Esta disciplina será ministrada por um professor pesquisador, doutor, em regime de curta duração e de forma teórica e/ou prática, na linha de pesquisa Genética e Melhoramento de Plantas.

Não há pré-requisito

33. CITOGENÉTICA VEGETAL

Código: RGV032. Optativa. Carga Horária: 60 horas Créditos: 4

A disciplina se propõe a apresentar os aspectos teóricos e práticos em citogenética com ênfase nas aplicações em Recursos Genéticos Vegetais.

34. FENOLOGIA VEGETAL

Código: RGV033. Optativa. Carga Horária: 60 horas Créditos: 4

A disciplina se propõe a apresentar os aspectos teóricos e práticos em fenologia vegetal, com ênfase nas aplicações m Recursos Genéticos Vegetais.

35. SEMINÁRIO III:

Apresentação escrita e oral do projeto da tese de Doutorado

Código: RGV034. Obrigatória para o primeiro semestre do Doutorado. Carga Horária: 15 horas Crédito: 1

36. PESQUISA ORIENTADA (Doutorado)


A disciplina tem por objetivo oferecer subsídios para formulação e execução do projeto de trabalho de conclusão através de apresentação e discussão dos trabalhos, com a participação dos professores orientadores e convidados. A solicitação desta matrícula dar-se-á no último semestre do curso, no nível Doutorado. 

Código: RGV035. Obrigatória . Carga Horária: 1800 horas Créditos: 120
 
Esta disciplina é específica para alunos do Doutorado e só necessita ser solicitada no último semestre de curso.
 

37. SEMINÁRIO IV:

DEVERÁ SER CURSADA PELO ALUNO DE DOUTORADO ANTES DO EXAME DE QUALIFICAÇÃO, PARA TURMAS INGRESSAS APÓS A APROVAÇÃO DO REGIMENTO NOVO DO PPGRGV.

Código: RGV036. . Carga Horária: 30 horas Créditos: 2

 

Horto Florestal
UEFS
Google Maps
Universidade Estadual de Feira de Santana
Programa de Pós-Graduação em Recursos Genéticos Vegetais
Avenida Transnordestina S/N - Novo Horizonte - CEP 44036-900
Feira de Santana, Bahia - Telefone/Fax +55 75 3161-8790
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia